quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

até 1975


Pior do que estabelecer essas datas é fazer delas DOGMAS a ponto de menosprezar e excomungar aqueles que não se deixam levar por elas... 

A organização das testemunhas de Jeová tem um histórico de datas que se mostraram falsas.
Por exemplo:

- 1799 É o começo dos últimos dias
- 1874 iniciou-se a presença invisível de Cristo e em 1914 virá o fim (Armagedom) do sistema de coisas (Estudos das Escrituras , Vol II , Sentinela 15 de Junho de 1911 p.190 – Em Inglês )

- "Nós não temos quaisquer dúvidas em relação à cronologia relacionada às datas de 1874, 1914, 1918, e 1925." - Sentinela 15 de Maio de 1922 página 147 em inglês.

- 1918: é o fim “da colheita” e destruição da Religião Falsa ( Sentinela 1 de Setembro 1916 p.265)

- A data do início da presença de Cristo foi mudado de 1874 para 1914 somente em 1943 (Livro Proclamadores do Reino, cap 10, página 133 – nota rodapé, Livro The Truth Shall Make You Free – A Verdade vos libertará )

- o ano de 1975, marcou os 6.000 anos da criação de Adão. Data apropriada para o fim do sistema de coisas. (Livro Vida Eterna na Liberdade dos Filhos de Deus" (1966) )

- "Essa revista exerce confiança na promessa do Criador de um pacífico e seguro novo mundo, antes que se passe a geração que viu os acontecimentos de 1914" - Contra capa da revista Despertai! até Outubro de 1995



sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Terrorismo: Presente, Passado e Futuro.

Todas as religiões fazem uso, de uma forma ou de outra, do Terrorismo.

Por exemplo, nos meados de 2012, quando eu estava prestes a ser excomungado , eu recebi a seguinte admoestação:

"Eu torço muito para que você e sua esposa, na qual você está conseguindo desencaminhar, reavalie a grande besteira e ignorância que você está fazendo e seja HUMILDE em acatar as orientações a quem Jeová realmente USA para prover o alimento espiritual nesse tempo do fim, que é o escravo fiel e discreto (Mat.24:44,45). 
 E eu torço que isso aconteça realmente, antes que o Armagedom venha, pois se não, vocês MORRERÃO e da PIOR FORMA POSSÍVEL  e nunca mais existirão, assim como acontecerá com a pessoa que está te cegando que é o Diabo e Satanás, porque Jeová Odeia os Orgulhosos e os DESOBEDIENTES!"


       "vocês MORRERÃO e da PIOR FORMA POSSÍVEL"

Não é esse o discurso de um terrorista??

 - "Irás para o Inferno"
- "Morrerás no Armagedom"
- "Todos os infiéis devem morrer"


Um ato de Terrorismo, praticado por Jesus - O Rei da Paz??

Terrorismo Institucionalizado
Bula Papal:
“nós lhe concedemos, por estes presentes documentos, com nossa Autoridade Apostólica, plena e livre permissão de invadir, buscar, capturar e subjugar os sarracenos e pagãos e quaisquer outros incrédulos e inimigos de Cristo e reduzir suas pessoas à perpétua escravidão”. - Bula Papal Dum Diversas, publicada em 1452 pelo Papa Nicolau

Quran (5:33) 
"O castigo, para aqueles que lutam contra Deus e contra o Seu Mensageiro e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo."

Deuteronômio
"mas golpearam com a espada a todos os humanos até exterminar cada um deles. Não deixaram sobrar ninguém que respirasse. Assim como Jeová havia ordenado a Moisés, seu servo" - 


















Tudo que eu desejo para os meus inimigos é que eles (assim como eu) queimem no fogo eterno da Verdade.  (Lucas 12:49)
                                                             
Veja também:







quarta-feira, 9 de setembro de 2015

"Status Quo" é o teu castigo


Imagino que o maior castigo para aqueles que simplesmente ignoram informações e fecham os olhos para as suas inconsistências é justamente manterem o "status quo" em que vivem. 

"Não mais, Musa, não mais que a Lira tenho
Destemperada e a voz enrouquecida,
E não do canto, mas de ver que venho
Cantar a gente surda e endurecida.
O favor com que mais se acende o engenho
Não no dá a pátria, não, que está metida
No gosto da cobiça e na rudeza
Duma austera, apagada e vil tristeza."