sexta-feira, 29 de maio de 2015

Profetiza contra os pastores de Israel


João 16 “Tenho falado estas coisas para que não tropeceis. 2 [Os] homens vos expulsarão da sinagoga.

Mateus 18:6
6 Mas, todo aquele que fizer tropeçar a um destes pequenos que têm fé em mim, para este seria mais proveitoso que se lhe pendurasse em volta do pescoço uma mó daquelas que o burro faz girar e que fosse afundado no alto-mar.


João 14:1 “Não se aflijam os vossos corações. Exercei fé em Deus , exercei fé também em mim.”

Ezequiel 34
 E continuou a vir a haver para mim a palavra de Jeová, dizendo: 2 “Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel. Profetiza, e tens de dizer-lhes, aos pastores: ‘Assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Ai dos pastores de Israel, que foram tornar-se apascentadores de si mesmos! Não é ao rebanho que os pastores devem apascentar? 3 A gordura é o que comeis e com lã é que vestis a vós mesmos. Abateis o animal gordo. Não apascentais o próprio rebanho. 4 Não fortalecestes as adoentadas, e não curastes a doentia, e não pensastes a quebrada, e não trouxestes de volta a dispersada, e não procurastes a perdida, porém, mantiveste-as em sujeição com severidade, sim, com tirania. 5 E aos poucos foram espalhadas por não haver pastor, de modo que se tornaram alimento de toda fera do campo e continuaram a ser espalhadas. 6 Minhas ovelhas continuaram a perder-se em todos os montes e em todo morro alto; e minhas ovelhas foram espalhadas sobre a superfície inteira da terra, sem haver quem [as] buscasse e sem haver quem [as] procurasse.
7 “‘“Portanto, pastores, ouvi a palavra de Jeová: 8 ‘“Assim como vivo”, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová, “por certo, visto que as minhas ovelhas se tornaram algo a ser saqueado e minhas ovelhas continuaram a ser alimento para toda fera do campo, por não haver pastor, e meus pastores não buscaram as minhas ovelhas, mas os pastores continuaram a apascentar a si mesmos e não apascentaram as minhas próprias ovelhas”’, 9 por isso, pastores, ouvi a palavra de Jeová. 10 Assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘Eis que sou contra os pastores,+ e certamente exigirei de volta as minhas ovelhas da sua mão e os farei cessar de apascentar* as [minhas] ovelhas,+ e os pastores não mais se apascentarão a si mesmos;+ e vou livrar as minhas ovelhas da sua boca e elas não se tornarão alimento para eles.’”
11 “‘Pois assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Eis aqui estou, eu mesmo, e vou buscar as minhas ovelhas e cuidar delas.+ 12 Com o cuidado de alguém que apascenta a sua grei+ no dia em que chega a estar no meio das suas ovelhas que foram espalhadas,+ assim cuidarei das minhas ovelhas; e vou livrá-las de todos os lugares aos quais foram espalhadas no dia de nuvens e de densas trevas.+ 13 E vou fazê-las sair+ dentre os povos e reuni-las das terras, e vou fazê-las chegar ao seu solo+ e apascentá-las nos montes de Israel, junto aos regos e junto a todos os lugares de morada da terra.+ 14 Apascentá-las-ei num bom pasto e seu lugar de permanência virá a estar nos montes altos de Israel.+ Ali se deitarão num bom lugar de permanência+ e pastarão num pasto gordo sobre os montes de Israel.”
15 “‘“Eu mesmo apascentarei as minhas ovelhas e eu mesmo as farei deitar-se”,+ é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová. 16 “Procurarei a perdida*+ e trarei de volta a dispersa, e pensarei a quebrada e fortalecerei a doentia, mas aniquilarei a gorda e a forte. A esta* apascentarei com julgamento.”
17 “‘E quanto a vós, minhas ovelhas, assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Eis que julgo entre ovídeo e ovídeo,* entre os carneiros e os cabritos.+ 18 É algo de somenos importância para vós apascentardes a vós mesmos no melhor dos pastos, mas pisardes o resto dos vossos pastos com os vossos pés, e beberdes água pura, mas sujardes a que sobra, batendo com os vossos próprios pés? 19 E quanto às minhas ovelhas, devem elas pastar no pasto pisado pelos vossos pés e devem elas beber a água tornada suja pelo bater de vossos pés?”

Amor Incondicional:
https://www.youtube.com/watch?v=hkpW8zczN9w&feature=youtu.be&t=165

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Verdades depreciadas..Uma Torre sobre areia

Nesse post irei fazer breves comentários sobre algumas das coisas escritas na revista A Sentinela 15 Março de 2015.

Vamos começar com o primeiro "Remendo Novo":
---
---
O que podemos concluir do que lemos acima?
O fato do "escravo fiel e discreto" ter que se tornar "cada vez mais discreto" só nos leva a uma conclusão: o "escravo fiel e discreto" ao "longos dos anos" (desde 1919) não era REALMENTE o "escravo fiel e discreto". 
Não é de admirar que Jesus tenha levantado o desafio: "Quem é REALMENTE o escravo fiel e discreto?"  

Nesse ponto a revista afirma que o "escravo fiel" é o Corpo Governante, o que equivale a dizer que o escravo fiel "é" os senhores:  Herd, Jackson, Lett, Losch, Splane, Morris & Sanderson.
Até ai não vemos nenhuma diferença do que já existe no mundo da Autoridade e Governança Religiosa: Um grupo de Papas no topo da pirâmide sobre "muitas águas , povos nações e tribos". (vide Revelação)

É fatídico do ser humano se AUTO declarar alguma coisa:

Lucas 16:15 e: “Vós sois os que vos declarais justos perante os homens, mas Deus conhece os vossos corações; porque aquilo que é altivo entre os homens é uma coisa repugnante à vista de Deus.

"Vós sois os que vos declarais justos perante os homens"
"Vós sois os que vos declarais "fiel e discreto" perante os homens"

 "Não aceito glória de homens"
 “Se eu glorificar a mim mesmo, a minha glória não é nada. " (João 5:41
João 8:54 )


Vale lembrar também que A Torre de Vigia já disse que:

- 1799 foi o começo dos últimos dias...
- 1874 iniciou-se a presença invisível de Cristo e em 1914 virá o fim (Armagedom) do sistema de coisas (Estudos das Escrituras , Vol II , Sentinela 15 de Junho de 1911 p.190 – Em Inglês )
- 1925 seria a ressurreição de Abraão , Daniel, etc
- 1975 seria uma boa data para o Armagedom
- que a geração de 1914 não iria passar sem ver o "Armagedom"
- Até alguns poucos anos atrás a Torre de Vigia dizia que o "escravo fiel e discreto" era composto pela "classe dos cristãos ungidos"

         Ai de ti se discordasse de qualquer um desses ensinos! E assim continua...


E qual será "o entendimento atual" a respeito de 1914 em 2040?



Por que essas coisas mudaram???
Essas coisas mudaram pois não passavam de Mentiras. E muitas coisas ainda irão mudar pelo mesmo motivo. Produtos depreciáveis.
Mas houve o tempo em que essas mentiras foram vendidas como a "verdade provinda da organização de Deus"

As pessoas que vendem "verdades depreciáveis" sempre terão que se explicar no final...mas o real motivo é que o " escravo construiu a sua Torre sobre a areia"

Mas eu lhes digo que, no dia do juízo, os homens haverão de dar conta de toda palavra inútil que tiverem falado. O que agora dizem aponta para o vosso destino; pelas vossas palavras serão aprovados ou condenados.”- (Mateus 12:36)

Artigos relacionados:





Poucos sobre muitos - a pirâmide

O Alimento que apodrece