sábado, 2 de agosto de 2014

Venha o teu Reino - e nós iremos a ele e faremos a nossa residência com ele.

"Venha o teu Reino -  e nós iremos a ele e faremos a nossa residência com ele."

No mundo ocidental, a prece mais rezada e proporcionalmente, menos entendida, é a oração do "Pai nosso".

"Nosso Pai nos céus, santificado seja o teu nome. Venha o teu reino." - Mateus 6:9

                "VENHA O TEU REINO"

Quem faz essa oração evidentemente gostaria de ter essa petição atendida.

Jesus ensinou essa oração há quase 2.000 anos atrás, será que as pessoas que pediram "venha o teu reino" poderiam ter seu pedido atendido durante a sua vida? Ou teria Jesus ensinado as pessoas a pedirem algo que elas não poderiam obter durante as suas vidas, a menos que vivessem em certa época específica da história, muitos anos a frente no futuro?

Enquanto esteve na terra, Jesus mostrou que o indivíduo - sim em base individual - já poderia ter a sua oração atendida:

"o reino de Deus vos tem realmente alcançado." - Mateus 12:28
"o reino de Deus realmente vos sobreveio." - Lucas 11:20
“Não estás longe do reino de Deus.”  - Lucas 12:34

Seguem abaixo os motivos e as condições para isso:

O que é um Governo?
Governo é um campo ou força de influência. Por exemplo, temos o Governo Gravitacional que  exerce suas leis sobre a matéria. Também o Governo ou reino Elétrico que exerce seu governo, suas leis , sobre as partículas.

De modo que para haver Governo, deve haver Leis ou uma Constituição. Essa é condição necessária para haver um Governo:  Leis.

Teria o reino de Deus uma Constituição? Sim!
Você pode ler a Constituição (As Leis) do Reino de Deus nos capítulos 5, 6 e 7 de Mateus. Mas para termos uma ideia da capacidade de síntese dessas Leis, basta lermos:

Mateus 7:12 “Todas as coisas, portanto, que quereis que os homens vos façam, vós também tendes de fazer do mesmo modo a eles; isto, de fato, é o que a Lei e os Profetas querem dizer.

"as coisas que quereis que os homens vos façam - Faça isso a eles" Ponto 

Já falamos sobre a Lei do Governo de Deus. Agora um governo só é governo se houver quem reaja ou responda a essas leis.

Por exemplo: a matéria (e mesmo a luz) é súdito do Reino Gravitacional. A Matéria (e mesmo a luz) está submissa à influência de suas Leis - quer dizer: obedece às suas Leis.

E que dizer dos súditos do Governo de Deus? Quem são os súditos do Governo de Deus?

 "Aquele que conhece os meus mandamentos e os obedece, é esse que me ama. Aquele que me ama será amado por meu Pai e eu também o amarei e me revelarei a ele."  -  João 14:21

Jesus disse-lhe: “Se alguém me amar, observará a minha palavra, e meu Pai o amará, e nós iremos a ele e faremos a nossa residência com ele. - João 14:23

De modo que o súdito do Reino de Deus é aquele que obedece a Constituição (leis) do Governo de Deus. (Honrando ou Glorificando assim ao Nome do Pai)

O súdito do Reino é aquele produz os seus frutos. (Mateus 21:43)


Venha o teu Reino -  "e nós iremos a ele e faremos a nossa residência com ele"

Governo: Estabelece as Leis, A Constituição.
Súdito: Aquele que Obedece as Leis. (submete-se ao Governo)

Portanto, o reino de Deus já domina, não desde o ano 1300, 1799 , 1874 ou 1914, mas desde que alguém individualmente escolheu deixar dominar-se pela Constituição do Governo de Deus.

Se desejamos que o Reino de Deus "venha" em nosso próprio caso,  obedeçamos à sua Constituição. Neste caso: "o reino de Deus realmente vos sobreveio." - Lucas 11:20


Leia também:
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2012/09/o-reino-de-deus-nao-por-homens-mas-por.html

http://exatoverdade.blogspot.com.br/2014/05/o-templo-o-lugar-do-meu-trono-na-terra.html

http://exatoverdade.blogspot.com.br/2012/09/jerusalem-o-reino-de-deus-vos-sera.html

https://www.youtube.com/watch?v=zvRp3z6uaCM

domingo, 6 de julho de 2014

Jesus Cristo sentado no trono de Jah como Rei - "Senta-te à minha Direita"

Continuarei analisando nesse artigo mais um "argumento" utilizado por aqueles que NÃO crêem que Jesus se tornou Rei Celestial ainda no primeiro século EC.

Eis o "argumento":

 2)   ‘Sentar no trono’ não significa necessariamente ser entronizado.
O Dicionário Michaelis define “entronizar” por “elevar ao trono” e “pôr(-se) no trono”. A ideia é de receber o reino. Se fosse sinônimo de sentar no trono, cada vez que um rei se sentasse no seu trono teríamos de concluir que ele estaria sendo entronizado, o que seria um absurdo. Portanto, a aceitação do convite divino de ‘sentar-se à direita’ de Jeová’ (Sal. 110:1) não significa em si uma entronização.
Assim, o período de ‘espera’ (Heb.10:13) não seria forçosamente o exercício do Reino celestial.    - Defensores da WatchTower

Comecemos a análise:

Primeiramente é digno de nota que a própria definição do dicionário depõe CONTRA a WatchTower:

http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues-portugues&palavra=entronizar

entronizar 
en.tro.ni.zar 
(en+trono+izar) vtd 1 Elevar ao trono. vtd e vpr 2 Pôr(-se) no trono. vtd e vpr 3 Elevar(-se) muito; exaltar(-se). vtd 4 Fazer entronização, acepção 3. Var: entronar, entronear.

Note como o mesmo dicionário define a expressão "Subir ao trono"

http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues-portugues&palavra=trono
trono 
tro.no 
sm (gr thrónos) 5 Ato de tronar. 6 Autoridade, domínio, império, poder. Subir ao trono: começar a reinar.

De modo que o "Elevar ao trono" ou "Pôr(-se) no trono" ou "sentar-se no trono" são expressões idiomáticas que denotam uma mudança de estado ou um Fato ou Acontecimento ou Marco Histórico. Conforme define o próprio dicionário: Subir ao trono equivale a começar a reinar.

Portanto, Não refere-se simplesmente à ação ordinária de simplesmente se assentar com suas nádegas sobre um assento polido. 

Por exemplo, Como o leitor entende a expressão?:

"Napoleão sentou no trono da França" - seria o simples ato cotidiano de Napoleão apoiar suas nádegas sobre uma cadeira enfeitada ou o Fato ou Marco de Napoleão receber o reino da França?

Outro exemplo, como entende a seguinte expressão:

"Principe William poderá sentar no trono da Inglaterra"
Não corresponderia isso o Fato dele RECEBER O REINO da Inglaterra mais do que simplesmente sentar numa cadeira?

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/07/130723_grafico_arvore_familiareal.shtml

"Ao se referir a um trono, pode-se também entender como posição máxima, como na frase Ele irá assumir o trono."  - Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Trono

Assim a expressão "Sentar no trono" transmite justamente a ideia de receber o reino!!!

Portanto o "argumento" exposto pela WatchTower é falacioso , chega a denotar estupidez.

Mas não pára por aí, esse "argumento" também é hipócrita. Veja o motivo:

Em suas próprias publicações e ensinos, a WatchTower  e seus seguidores definem a expressão "sentar no trono" como sendo sinônimo de receber o reino, ou seja, de ser entronizado, de começar a reinar. Eis os exemplos: 

No livro "Bíblia Ensina" p. 215-p. 218 par. 1 da WatchTower, lemos:

"Jerusalém havia sido a capital da nação judaica — a sede do governo da dinastia de reis da casa do Rei Davi. (Salmo 48:1, 2) No entanto, esses reis eram totalmente diferentes de outros líderes nacionais. Eles ocupavam o “trono de Jeová” como representantes do próprio Deus. (1 Crônicas 29:23) De modo que Jerusalém era símbolo do governo de Jeová."

Ainda na revista "A Sentinela" w12 1/8 pp. 16-17, lemos:

Quando Davi ainda era menino, Deus o escolheu para ser o rei de Seu povo, Israel. Quando Davi morreu, Salomão, a quem Jeová havia escolhido, ocupou o “trono de Jeová” . (1 Crônicas 28:4, 5; 29:23) 

Eis os textos usados nas publicações da Torre de Vigia: 
1 Crônicas 29:23 E Salomão começou a sentar-se no trono de Jeová como rei em lugar de Davi, seu pai, e para ser bem sucedido, e todos os israelitas lhe obedeciam.

1 Crônicas 28:5 e dentre todos os meus filhos (pois são muitos os filhos que Jeová me deu) escolheu então a Salomão, meu filho, para assentar-se no trono do reinado de Jeová sobre Israel.

Ou seja, a Torre de Vigia associa ou atribui o fato de "Salomão sentar-se no trono de Jeová" com a "ideia dele receber o reino" ("o governo de Jeová."). Mas nega o mesmo significado ou atribuição no caso de Jesus Cristo. Isso é um exemplo de dois pesos e duas medidas ou interpretação dúplice - um caso de hipocrisia.

Hebreus 1:13 Mas, com referência a qual dos anjos disse ele alguma vez: “Senta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos como escabelo para os teus pés”?

"No entanto, doravante o Filho do homem estará sentado à destra poderosa de Deus.” - Lucas 22:69

Rev 3:21 "eu venci e me assentei com o meu Pai no seu trono."

Como disse o próprio Jesus Cristo:
"mas, eis que algo mais do que Salomão está aqui."(Lucas 11:31)

Portanto EM VERDADE vos digo:

"E Jesus Cristo começou a sentar-se no trono de Jah como Rei" (1 Crônicas 29:23)
"Escolheu então a Jesus, seu filho amado, para assentar-se no trono do reinado de Jah" (1 Crônicas 28:5)

Rev 3:21 "eu venci e me assentei com o meu Pai no seu trono."

Portanto Jesus recebeu o TRONO DO REINO DE DEUS no primeiro século EC.


"eu venci e me assentei com o meu Pai no seu trono." - o Rei do Reino dos Céus

João 5: 22 Porque o Pai não julga a ninguém, mas tem confiado todo o julgamento ao Filho, 23 a fim de que todos honrem o Filho, assim como honram o Pai. Quem não honrar o Filho, não honra o Pai que o enviou.

Isaías 47 Desce e senta-te no pó, ó virgem filha de Babilônia. Senta-te no chão, onde não há trono, ó filha dos caldeus. Pois não mais terás a experiência de pessoas te chamarem de delicada e mimosa.

Ezequiel 12:24 Pois não se mostrará mais haver qualquer visão fútil, nem adivinhação dúplice no meio da casa de Israel.

Primeira parte:
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2014/06/e-foram-lhe-sujeitos-anjos-o-reino-do.html

Artigos Relacionados:
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2013/08/um-rei-que-passa-despercebido-tem-olhos.html
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2012/10/quem-nao-honrar-o-rei-filho-nao-honra-o.html

segunda-feira, 23 de junho de 2014

E foram-lhe sujeitos anjos - o Reino do Messias

Nesse artigo analisarei sobre o conceito que "certos apologistas da WatchTower" possuem a respeito do termo "o reino do Filho" mencionado em Colossenses 1:13, a saber:

1)   O “reino” delegado a Cristo, mencionado em Colossenses 1:13 não é o Reino messiânico.  - Apologistas da WatchTower 

Bom, vamos começar nossa análise da afirmação acima lendo o texto de  Colossenses 1:13

“Ele nos livrou da autoridade da escuridão e nos transferiu para o reino do Filho do seu amor.” – Col. 1:13.

O que é o "reino do Filho"?

Bom, se você crer que Jesus é o Filho de Deus, o Filho de Jah , ou em outras palavras, se você crer que Jesus é o Cristo, ou ainda, crer que Jesus é o MESSIAS, então o "reino do Filho" é o Reino do MESSIAS ou Reino Messiânico.

Agora, caso o leitor escolha ser Anti-Cristo,ou Anti-Messias, ou preferir não acreditar que aquele homem que ensinou-nos o Sermão do Monte é o Messias , então o reino do Filho realmente "não é o Reino messiânico" para você

Para os que exercem fé em Jesus como sendo o Cristo, ou o Messias , o reino do Filho é o Reino Messiânico: pois o Filho é o Messias.

A expressão "reino do Filho" pode ser expandida como "reino de Jesus - o Messias" - "reino do Messias" --> Reino Messiânico

Jesus o Messias, logo o Reino de Jesus é o Reino Messiânico.

 A mulher disse-lhe: “Eu sei que vem [o] Messias, que é chamado Cristo. Quando este chegar, ele nos declarará abertamente todas as coisas.” 26 Jesus disse-lhe: “Eu, que falo contigo, sou ele.”

O Próprio Jesus fez referência ao SEU Reino em outra ocasião:

João:18 36 (Almeida)
Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui.


 O MEU REINO - O REINO DO MESSIAS - REINO MESSIÂNICO

Aquilo que Jesus referiu como "o meu reino" é o Reino do Messias, que conforme ele explicou, exercia jurisdição "nos domínios de cima".

O ponto que os "apologistas da WT" desconsideram é justamente aquilo que o Pai fez:

O Pai entrega o Reino dos céus nas mãos do Filho - no primeiro Século EC:
João 3:35 “O Pai ama o Filho e tem entregue todas as coisas na sua mão

João 16:15 "Todas as coisas que meu Pai tem são minhas." 

De modo que o Reino Messiânico corresponde à "Todas as coisas que meu Pai tem" e que Foram ENTREGUES na mão do Filho, nas mãos do Messias.

Assim, diferente dos sistemas políticos-religiosos "terráqueos", o reino dos Céus não é um Reino Dividido (Mateus 12:25). Quando Jah entregou o reino ao Cristo, entregou TODAS AS COISAS. Fato que comprova isso é que até mesmo os ANJOS foram feitos súditos do Rei Celestial Jesus Cristo: O Messias.

1 Pedro 3:22 “Ele está à direita de Deus, pois foi para o céu; e foram-lhe sujeitos anjos, e autoridades, e poderes.”    --- os anjos foram feitos Súditos


"ele, sabendo que o Pai dera todas as coisas nas suas mãos" - João 13:3

"Todas as coisas que meu Pai tem são minhas." -     João 16:15
Os anjos foram feitos súditos do Messias qual Rei Celestial - 1 Pedro 3:22


 "e todas as minhas coisas são tuas e as tuas são minhas" - João 17:10


Assim é evidente que NÃO se "trata de um governo apenas sobre seus discípulos" e sim Um Governo que foi dado ao Messias cuja autoridade é sobre "TODAS as coisas que meu Pai tem":   - anjos, querubins , os sete espíritos, e TAMBÉM a congregação na terra: sobre AQUELE que O OBEDECE: (João 3:35, 16:15)

João 17:23 Em resposta, Jesus disse-lhe: “Se alguém me amar, observará a minha palavra, e meu Pai o amará, e nós iremos a ele e faremos a nossa residência [CASA/REINO/MORADA] com ele.

Em vez de ser um "sub reino", o reino dado ao Messias (Reino Messiânico) exerce sua jurisdição sobre tudo que pertence a Deus. Tanto que o Messias disse em relação ao seu Pai: Nós somos UM. (João 10:30)

João 3:35 “O Pai ama o Filho e tem entregue todas as coisas na sua mão”
DEUS DEU O SEU PRÓPRIO TRONO AO MESSIAS:

Rev 3:21 "eu venci e me assentei com o meu Pai no seu trono" -

De modo que o Reino Messiânico veem exercendo poder sobre tudo aquilo que está ligado à Deus: "Todas as coisas que meu Pai tem são minhas".

Obviamente, o Mundo ainda não faz parte desse reino. Por Enquanto.

Jo 14:24 Quem não me ama, não observa as minhas palavras; e a palavra que estais ouvindo não é minha, mas pertence ao Pai que me enviou.

Entrementes:
Lucas 12:1 ... havendo-se ajuntado uma multidão de tantos milhares, que se pisavam uns aos outros, ele principiou a dizer, primeiro aos discípulos: “Vigiai-vos do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. 2 Mas não há nada cuidadosamente oculto que não venha a ser revelado, nem secreto que não venha a ser conhecido.

Continuaremos as argumentações nos próximos artigos!

Leia também:
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2013/04/jesus-entronizado-destra-poderosa-de.html
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2012/09/o-meu-reino-jesus-perante-pilatos.html
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2012/08/senta-te-minha-direita-reina-minha.html