quinta-feira, 24 de maio de 2012

As Guerras Mundiais

As Guerras Mundiais e o livro de Daniel ...Temos a Primeira..A Segunda...falta a Terceira..."no tempo do fim".  (Daniel 11:40)

O livro Bíblico de Daniel parece descrever perfeitamente cada uma das grandes guerras mundiais que afligiram, e afligirão, a humanidade:
Comecemos pela Primeira Guerra Mundial:

Daniel 11:25 “E ele despertará seu poder e seu coração contra o rei do sul, com uma grande força ilitar; e o rei do sul, da sua parte, excitar-se-á para a guerra com uma força militar extraordinariamente grande e poderosa. E ele não se manterá de pé, porque maquinarão ardis contra os seus ardis. 26 E os mesmos que comem os seus petiscos causarão a sua derrocada.
E quanto à sua força militar, será levada de enxurrada e muitos hão de cair mortos.
27 “E no que se refere a estes dois reis, seu coração se inclinará a fazer o que é mau, e a uma só mesa continuarão a falar mentira. Mas nada será bem sucedido, porque [o] fim é ainda para o tempo designado.

A Primeira Guerra Mundial se enquadra perfeitamente na descrição acima, sendo esta uma guerra que envolveu “uma força militar extraordinariamente grande e poderosa“ – como nunca antes na História.
Foge do escopo desta carta a discussão detalhada quanto a identificação do Rei do Norte e do Sul, mas basicamente acreditamos que essa intriga entre esses dois reis seja a óbvia e constante intriga entre duas forças opostas de governança: A Monarquia versos A República, ou seja, o Imperialismo Britânico, que desde os tempos das colônias o lema é: “Dividir para conquistar” contra a República dos Estados Unidos da América.
Essas duas nações aparentam ser “amigas”, como que “comendo a uma só mesa”, mas na realidade representam forças antagônicas.

A História do Imperialismo per si sempre se opôs à República, não devemos imaginar que hoje seja diferente (A Bretanha de fato é a continuação moderna do antigo rei do Norte: O Império Romano, onde o chefe de Estado é também o chefe da Igreja.)
Com certeza tal Grande Guerra que envolveu uma “força militar extraordinariamente grande e poderosa” mexeu com os sentimentos de todos , inclusive com os dos cristãos, que fatalmente seriam levados a crer que tal acontecimento seria “o início do fim”, no entanto, conforme as próprias palavras proféticas: “ [o] fim é ainda para o tempo designado”.

Então veio a Segunda Guerra Mundial com grande correlação com as palavras de Daniel 11:29

29 “Retornará no tempo designado e virá realmente contra o sul; mas no fim não virá a ser como foi no princípio. 30 E certamente virão contra ele os navios de Quitim e ele terá de ficar desalentado.

IBM, Ford, GM, Bank of England – foram alguns dos patrocinadores do Nazismo.


Daniel 11:30
Nova Versão Internacional (NVI-PT)
30 Navios das regiões da costa ocidental [Estados Unidos da América] se oporão a ele, e ele perderá o ânimo. Então despejará sua fúria contra a santa aliança e, voltando, tratará com bondade aqueles que abandonarem a santa aliança.


Apesar dos “ilustres” contribuidores do Terceiro Reich houve um grande fator para a derrota nazista: “os navios de Quitim” - a frota naval Americana.

Por fim, a próxima grande guerra – no tempo do fim (sinteleia):

Daniel 11:40 “E, no tempo do fim, o rei do sul se empenhará com ele em dar empurrões, e o rei do norte arremeterá contra ele com carros, e com cavaleiros, e com muitos navios; e ele há de entrar nas terras, e inundar, e passar.

Nenhum comentário: