segunda-feira, 8 de abril de 2013

O Reinar de Jesus Cristo

Desde que Jesus foi entronizado Rei do Reino do Céu ainda no primeiro século ele vem atuando, desde os céus, nos assuntos do seu reino referentes à terra. (Atos 2:33-36, Rev 3:21, Col 3:1, 1 Pedro 3:22, Mateus 28:19-20, Atos 15:14-18) 

Uma vez que Deus Yah entregou o Seu trono Celestial ao Filho do Homem, este, Jesus Cristo, tem usado o Espírito de Deus para fazer residir tal espírito no coração de homens que amam os ensinamentos de Jesus Cristo. João 14:21,23

Jesus tem circuncidado pessoas de todas as nações com uma circuncisão que não é realizada por mãos. (Romanos 2:28-29)

Aquele que é circuncidado por Jesus Cristo e portanto amado pelo Deus de Jesus Cristo – Yah – se torna um cidadão do Reino de Jesus Cristo – um judeu ou “Israel de Deus”. (Gálatas 6:16)

Mateus 21:43
'É por isso que vos digo: O reino de Deus vos será tirado e será dado a uma nação que produza os seus frutos.'

Lembre-se que Jesus Cristo disse que o Reino de Deus seria tirado daquilo que era o Israel segundo a carne e seria dado a uma nação, quer dizer, pessoas que produziriam os seus frutos. Portanto o Reino de Deus manteve sua representação terrestre antes e depois de Jesus Cristo. (E obviamente antes e depois de 607 AEC)

Assim Deus continuaria aprovando e apoiando um reino (uma nação que recebeu o Reino de Deus)  aqui na terra. Esse reino estaria debaixo da autoridade de Jesus Cristo – O Rei Celestial empossado pelo próprio Deus Yah – à Sua Destra. (Atos 2:33-36, Atos 15:14-18)

Desde o primeiro século EC existe uma nação que é o reino de Deus (embaixada terrestre).
Essa nação não tem limites geográficos.
Essa nação não tem templos de areia e cimento.
Essa nação não tem limites raciais.
Essa nação opera no meio de seus inimigos

Para compreendermos o reinar de Jesus Cristo é importante considerarmos a seguinte passagem:

João 16:7 Não obstante, eu vos digo a verdade: É para o vosso proveito que vou embora. Pois, se eu não for embora, de modo algum virá a vós o ajudador; mas, se eu for embora, vo-lo enviarei.


“ É para o vosso proveito que vou embora.”


Pode parecer contraditório essa afirmação de Jesus: “é melhor para vocês que eu vá embora”.

Afinal, quem acharia proveitoso que Jesus fosse embora? Não acharíamos muito mais proveitoso que ele “não fosse embora” e permanecesse conosco?

E é por isso mesmo que Jesus disse que seria para o proveito de seus seguidores que ele iria embora: justamente para Jesus permanecer conosco.

Pois, se eu não for embora, de modo algum virá a vós o ajudador; mas, se eu for embora, vo-lo enviarei.”
Assim o Rei Jesus há milênios trabalha desde seu trono privilegiado nos céus , à Destra do Todo-poderoso, ajudando os seus amados alunos – enviando o Ajudador - espírito santo – para auxilia-los no Caminho da Verdade.

Jesus explicou o proveito que seus discípulos usufruiriam:

João 15:26 Quando chegar o ajudador que eu vos enviarei do Pai, o espírito da verdade, que procede do Pai, esse dará testemunho de mim;

esse dará testemunho de mim


Assim os alunos de Jesus Cristo aprenderiam a respeito do Professor por meio da ação do espírito santo, o Ajudador.

O que seria realizado por meio do espírito?
O espírito daria testemunho de Jesus Cristo!!

Assim os alunos recebem em seu próprio caso Testemunho a respeito de Jesus Cristo diretamente do Pai Yah. E assim Jesus o Rei vai construindo o Templo ou Casa de Deus (1 Cor 3:16 , 1 Cor 6:16, 2 Cor 6:16)

Jesus qual Rei continuou dando testemunho da Verdade após sua ascensão aos céus. Ele continuou trabalhando, mas de uma posição privilegiada - no trono de Deus:

João 17:26 "e o hei de dar a conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles e eu em união com eles.”

Jesus de fato reina no meio dos seus inimigos até que todos os inimigos estejam subjugados debaixo de seus pés. Quando isso ocorrer, será hora de devolver o reino ao seu Deus e Pai – Salmos 110, 1 Cor 15:25-28

Assim que todos os que amam Jesus Cristo se empenhem em entrar agora, por espírito, no Reino dos céus:

Col 1:13 Ele nos livrou da autoridade da escuridão e nos transferiu para o reino do Filho do seu amor

Efésios 2:6 e ele nos levantou junto e nos assentou junto nos lugares celestiais em união com Cristo Jesus.

Quem entra no reino de Deus, qual “testemunha ocular” do espírito santo passa a ser um embaixador ou “ativista” do reino de Jesus Cristo.

2 Coríntios 5:20 Somos, portanto, embaixadores, substituindo a Cristo, como se Deus instasse por nosso intermédio. Rogamos, como substitutos de Cristo: “Sede reconciliados com Deus.”

Um ativista ajuda outras pessoas a se tornar como ele mesmo é.
Um aluno ativista ajuda outros alunos a pertencerem à MESMA CLASSE que ele frequenta. Ele faz isso pois ele imita o MESTRE (Rev 3:21, João 17:20,21,26)

Um ativista ajuda pessoas a se tornarem pedras do Templo de Deus.

É extremamente importante completar a obra do Templo de Deus (cristãos feitos de trigo e não joio) pois é na iminência de se completar a Casa de Deus (Templo) que o Rei Jesus irá inspecionar a Casa (“voltar”) e completa-la por meio da pedra de Remate:

Zacarias 4:6 Por conseguinte, ele respondeu e me disse: “Esta é a palavra de Jeová a Zorobabel, dizendo: ‘“Não por força militar, nem por poder, mas por meu espírito”, disse Yah dos exércitos. 7 Quem és tu, ó grande monte? Diante de Zorobabel [tornar-te-ás] uma planície. E ele certamente produzirá a pedra de remate. Será aclamada: “Quão encantadora! Quão encantadora!”’”

Zacarias 4:8 E continuou a vir a haver para mim a palavra de Yah, dizendo: 9 “As próprias mãos de Zorobabel lançaram o alicerce desta casa e suas próprias mãos [a] terminarão. E terás de saber que o próprio Jeová dos exércitos me enviou a vós.

"As próprias mãos de Zorobabel lançaram o alicerce desta casa e suas próprias mãos [a] terminarão."


"e suas próprias mãos [a] terminarão" - Zac 4:9

O próprio Jesus, qual pedra de alicerce, fará com que os outrora “filhos de Babel” sejam purificados e refinados para formarem uma encantadora pedra de remate do Templo (remanescentes – Rev 12:17)

Quando o Templo for concluído - A Casa de Deus estará com a Humanidade. Rev 21:3,4

1 Pedro 2 Concordemente, ponde de lado toda a maldade, e toda a fraudulência, e hipocrisia, e invejas, e toda sorte de maledicências, 2 [e,] como crianças recém-nascidas, ansiai o leite não adulterado pertencente à palavra [ - e não uma boa nova diferente - ], para que, por intermédio dela, cresçais para a salvação, 3 desde que provastes que o Senhor é benigno.
4 Chegando-vos a ele, como a uma pedra vivente, rejeitada, é verdade, pelos homens, mas escolhida [e] preciosa para Deus, 5 vós mesmos também, como pedras viventes [ e não como os “demais mortos” - Rev 20:5 João 5:25], estais sendo edificados como casa espiritual, tendo por objetivo um sacerdócio santo, para oferecerdes sacrifícios espirituais, aceitáveis a Deus, por intermédio de Jesus Cristo. 6 Pois isso está contido na Escritura: “Eis que ponho em Sião uma pedra, escolhida, uma pedra angular de alicerce, preciosa; e ninguém que nela exercer fé de modo algum ficará desapontado.

5 comentários:

Ednilson Sacramento Silva disse...

Boa noite, meu amado irmão Paulo.

O irmão sabe a minha posição em relação a este assunto. Por isto não vou colocá-la aqui.

No entanto, gostaria de chamar a atenção para uma citação do nosso irmão Paulo em uma de suas muitas cartas e que o irmão colocou no post acima:

2 Coríntios 5:20 Somos, portanto, embaixadores, substituindo a Cristo, como se Deus instasse por nosso intermédio. Rogamos, como substitutos de Cristo: “Sede reconciliados com Deus.”

Paulo se achava um substituto de Cristo??
O embaixador é um substituto do presidente??

EMBAIXADOR - Definição do dicionário Houaiss:

embaixador
\ô\ s.m. (sXIV) 1 a categoria hierarquicamente mais importante de representante diplomático de um Estado junto a outro 2 adm B na carreira diplomática, título de ministro de primeira classe 3 qualquer indivíduo encarregado de uma missão; emissário ¤ gram fem.: embaixadora, embaixatriz (cf. esses verbetes) ¤ etim fr. ambassadeur 'enviado em missão junto a um governo estrangeiro; portador de mensagem', emprt. do it. ambasciatore ¤ sin/var ver sinonímia de arauto

Como no reino dos céus não existe classes de hierarquia, pois todos são irmão e todos são escravos, entendi o termo embaixador como qualquer um encarregado de uma missão. O encarregado de uma missão deverá dizer: "Sou um escravo imprestável......"


Para substituir a Jesus, o discípulo precisaria ser um com Jesus tanto em palavras quando em ações.

Para substituir a Jesus, o discípulo deveria ser tão sábio quanto Jesus, na hora de resolver os problemas dentro do reino ou no relacionamento com outros reinos.

UM bom substituto é aquele que consegue fazer igual àquele que ele está substituindo.

Será que nos seria permitido comparar as palavras do substituto de Jesus com as palavras do próprio Jesus??
Será que nos seria permitido comparar as ações do substituto de Jesus com as ações do próprio Jesus??

Será que fazer tal comparação seria uma apostasia??
Seria a ação natural de uma ovelha??

Será que todas as palavras e todas as ações dos substitutos de Jesus devem ser sabatinadas??

Em consequência disto, lhe pergunto:

Devo esquivar-me de sabatinar as palavras e as ações de qualquer humano que se apresente como substituto de Jesus (embaixador)??

Devo esquivar-me dos que já sabatinam as palavras e as ações de Paulo, um dos substitutos (embaixadores) de Jesus??

Existe alguém que não deva ser sabatinado??

Como Jeová vê aquele que sabatina as palavras e as ações dos substitutos de Jesus (estando Paulo incluído)??

ExatoVerdade disse...

Todos devemos ser "sabatinados"...inclusive os que, no passado e no presente, se dizem apóstolos (Rev 2:2)

Sabatinar mas não condenar...




Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Paulo, o irmão está coberto de razão.

Não julgar e não condenar àqueles que o Pai continua a amar.

O Pai continua a amar CTR (Russel) tanto quanto todo aquele que era um dos onze apóstolos escolhidos por Jesus, assim como também a Judas Iscariotes (o 12º), assim como o escolhido Paulo (apóstolo para as nações).

Independente do amor que o Pai continue a sentir por tais iníquos pecadores, eles continuam a ser pessoas que devem ser comparadas com Jesus.

As palavras de CTR (Russel) devem ser comparadas com as palavras faladas por Jesus, assim como as palavras de Paulo também devem ser comparadas com as palavras de Jesus. As ações de Paulo devem ser comparadas com as ações de Jesus.

Todos os escravos são iguais, não passam de escravos. Todos são aprendizes e não passam de aprendizes.
Não sabatinar as palavras de Paulo (o apóstolo) em relação às palavras de Jesus seria falta de sabedoria.
Não sabatinar as ações de Paulo em comparação com as ações de Jesus também seria falta de sabedoria.

Jesus é o modelo para mim.
Jesus é o modelo para você.
Jesus devia ser o modelo para Paulo.
Jesus devia ser o modelo para Apolo.
Jesus devia ser o modelo para Cefas.
Jesus devia ser o modelo para Timóteo.
Jesus devia ser o modelo para Ananias e para Safira.
Jesus devia ser o modelo para Pedro, Tiago, João e todos os demais.

Nenhum deles devia ser modelo para quaisquer outros discípulos.
Nenhum dos discípulos devia ver um outro discípulo como um modelo, mesmo que este pedisse para ser visto assim.

Se o fizessem causaria uma desunião entre os discípulos, pois todos deviam se interligar diretamente à verdadeira videira.

A palavra falada - esta é a arma da desunião.

Todos deviam seguir a mesmíssima palavra falada por Jesus.

Não previu Jesus que haveria entendimentos diferentes?? entendimento é pessoal e intranferível, no entanto, dependente de informação, logo, pode ser deturpado, caso a fonte de informação não seja Jesus.

Aquilo que Paulo entendeu das afirmações de Jesus é uma coisa.
Aquilo que Pedro entendeu das afirmações de Jesus é uma coisa.
Aquilo que Tiago entendeu das palavras de Jesus é uma coisa.
Aquilo que o Ednilson entendeu das palavras de Jesus é uma coisa.
Aquilo que CTR entendeu das palavras de Jesus é uma coisa.

No entanto, a palavra saída da boca de Jesus é outra coisa.

Em face disso, todas as palavras de todos os discípulos de Jesus devem ser livremente sabatinadas e plenamente comparadas com as palavras do Modelo Jesus.

Muitos ficam ofendidos quando alguém resolve sabatinar as palavras de Russel. O que revelam??
Revelam ter Russem como um ídolo.
Muitos ficam ofendidos quando alguém resolve sabatinar as palavras de Paulo. O que revelam?? Revelam ter Paulo como ídolo.
Muitos ficam ofendidos quando alguém resolve sabatinar as palavras de Moisés (mataram Jesus, mataram Estêvão e outros). O que revelam?? Revelam ter Moisés como ídolo??

Ora, Jeová deixou de amar algum destes homens??
Sabatinar as palavras e as ações destes homens não significa que se deixou de amar tais homens.

Aqueles que odeiam os iníquos e que também acham que Jeová odeia os iníquos, ficam revoltados quando alguém afirma que certa palavra ou certa ação de um servo de Jeová é uma iniquidade.

SE aquela pessoa for classificada por ele como iníqua, ele passa a odiar tal pessoa e a ver aquela pessoa como alguém odiada por Jeová.

Pura fantasia daquele que não conhece o Pai.

Ednilson Sacramento Silva disse...

Irmão Paulo, não te esqueças do detalhe de que tanto o Pai quanto Jesus, VIRÃO morar no coração daquele que obedece aos mandamentos do Pai.
Obedecer é uma decisão pessoal e intransferível.
Obedece aquele que concorda.
O mandamento que sai do Pai é fruto do coração do Pai, pois a boca fala daquilo que está cheio o coração. O mandamento é um fruto do coração do Pai.
Concordando com o mandamento e obedecendo o mandamento, este humano revela ter o mesmo sentimento do Pai em relação àquele assunto. Passam assim a ter um mesmo coração em relação àquele assunto. Existem alguns assuntos.
Desta forma, estando Jesus à porta e batendo, este concorda que Jesus entre no seu coração e habite ali junto com o Pai.

Isto deve ocorrer com todos os súditos do reino.

Anônimo disse...

Eis que ponho em Sião uma pedra, escolhida, uma pedra angular de alicerce, preciosa; e ninguém que nela exercer fé de modo algum ficará desapontado.” baseado neste excerto, posso dizer que todos aqueles que tem fé em Jesus Cristo e esperança nele, não importa a religião, não serão desapontados, verão livramento e salvação, pois é promessa de Deus e Ele é misericordioso. é aguardar para ver e chega de disputas teológicas, a nada levam, detratam a todos nós.